Ir direto para menu de acessibilidade.
Início > Noticias > Exemplos de trajetórias de alunos egressos do curso Técnico em Edificações
Início do conteúdo da página
Egressos

Exemplos de trajetórias de alunos egressos do curso Técnico em Edificações

Publicado: Sexta, 16 de Agosto de 2019, 19h23 | Última atualização em Sexta, 16 de Agosto de 2019, 19h23

No dia 30 de julho de 2019, foram realizadas palestras com ex-alunos do Curso Edificações do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo, Câmpus Caraguatatuba (IFSP CAR). O propósito do evento foi de relatar, tanto para os ingressantes como para os concluintes desse curso, um pouco da trajetória pessoal e profissional dos alunos egressos, que muito orgulham o corpo docente do IFSP CAR. O evento foi organizado pela Profa. Dra. Vassiliki Terezinha Galvão Boulomytis e contou com a colaboração do Prof. Esp. Júlio Julio César Pereira Salgado e dos palestrantes Shellyngton Lucas Mattos Carvalho, Kátia Maria Antunes, Laís Santana Araújo e Claudette de Vita.

Figura 1: Alunos de Edificações do 1º ao 4º semestre durante o eventoFigura 1: Alunos de Edificações do 1º ao 4º semestre durante o evento

Os ex-alunos Shellyngton e Laís recentemente se graduaram em engenharia civil, na UNIP e UNIVAP, respectivamente, e ambos atuam no mercado da construção civil no litoral norte de SP. Shellyngton realçou a importância da internacionalização tanto do curso de edificações como de engenharia civil, devido às diversas oportunidades que existem atualmente no mercado internacional. Ele relatou que durante qualquer curso há normalmente muitas dificuldades, por vezes de cunho pessoal e financeiro, mas que o aluno deve tentar ao máximo adaptar-se às novas situações e perseverar em busca dos seus sonhos e ideais. Por fim, ele realçou a importância na realização de estágios durante o curso e para isso, a necessidade da montagem de um Curriculum Vitae (CV) adequado para causar uma boa impressão a qualquer empresa.

Laís compartilhou as experiências da época de aluna, quando atuou em projetos de extensão com o Prof. Dr Carlos Niemeyer e a Profa. Dra. Nicole de Castro Pereira, atualmente locados no Câmpus Jacareí. Ela também sintetizou a sua experiência com trabalho de conclusão de curso da engenharia civil referente aos materiais de revestimento utilizados na sub-base de pavimentos rígidos. Por fim, forneceu várias dicas aos alunos de edificações, sobre as formas alternativas de aprimorarem os seus conhecimentos, por meio de sites que abordam assuntos técnicos sobre a construção civil.

Kátia também dividiu momentos que marcaram o curso de edificações no IFSP CAR, o qual frequentou ao lado da sua filha Jéssica e, hoje genro, Hudson Richieri. Desde então (2013), todos têm atuado como técnicos em edificações. Kátia é empresária da construção civil em Caraguatatuba. Já Hudson, passou em um concurso público para técnicos em edificações, que prestou no último semestre do curso. Logo após ser graduado, ele foi nomeado e começou a atuar no ramo de projeto e execução de ferrovias no interior da Bahia. Lá, a sua esposa Jéssica atua de forma autônoma, na execução de projetos de edificações.

Kátia destacou a importância da reciclagem constante dos conhecimentos técnicos adquiridos ao longo do curso. Ela afirmou que, após terminar o curso técnico em edificações, nunca parou de fazer cursos complementares ou de participar de palestras técnicas, feiras de construção e eventos técnico-científicos. Segundo Kátia, como começou a frequentar o curso depois de muitos anos após ter saído do ensino médio, sofreu inicialmente para se adaptar à rotina de estudos e à era digital. No entanto, ela ressalta que não há outra saída, pois atualmente o mercado exige esse conhecimento, e concluiu a sua palestra dizendo que cada um tem o seu tempo, e que com perseverança e comprometimento, todos têm grandes chances de se destacar profissionalmente e colher muitos frutos após se dedicarem aos estudos.

Figura 2: Engenheiros Civis Shellyngton e Laís, Prof. Júlio, empresária da construção Kátia e Profa. Vassiliki (da esquerda para a direita)Figura 2: Engenheiros Civis Shellyngton e Laís, Prof. Júlio, empresária da construção Kátia e Profa. Vassiliki (da esquerda para a direita)

A ex-aluna Claudette, já atuava como desenhista e relatou as dificuldades que teve ao longo da sua vida profissional. Como Kátia, também retornou aos estudos depois de muito tempo após concluir o ensino médio, e além disso, tinha que trabalhar para ajudar com as despesas da família, cuidar da casa e dos filhos. Ao longo do curso, ela realizou o trabalho de iniciação científica, orientado pela Profa. Dra, Vassiliki Boulomytis. sobre a as condições técnicas das ciclovias de Caraguatatuba, o qual lhe rendeu premiação no concurso nacional II Benchmarking Junior em 2013 (site: https://benchmarkingbrasil.com.br/ranking-benchmarking-junior-2013/ ). Ela destacou o ganho pessoal e profissional que adquiriu ao realizar pesquisas acadêmicas ao longo do curso de edificações. Salientou a enorme gratificação de poder apresentar os resultados de um dos seus trabalhos (referente às manchas de inundação de 2013 da zona sul de Caraguatatuba) na III Mostra Técnica de Trabalhos de Cursos Técnicos na UNICAMP (site: https://mostradetrabalhos.cotuca.unicamp.br/?id=10).

Figura 3: Téc. em Edificações Claudette durante a palestra de alunos egressosFigura 3: Téc. em Edificações Claudette durante a palestra de alunos egressos

Como Hudson, Claudette também passou no concurso público para técnico em edificações antes do término do seu curso. Logo após a conclusão do mesmo, iniciou a sua atuação como técnica em edificações no IFSP CAR, onde trabalha até hoje no Laboratório Integrado de Construção Civil, dando assistência ao curso técnico em edificações e ao bacharelado em engenharia civil.

Agradecimentos especiais aos palestrantes pelo excelente nível das suas apresentações, e por encorajarem os alunos atuais do curso técnico em edificações do IFSP CAR na sua jornada pessoal e profissional.

Autoria: Profa. Dra. vassiliki Terezinha Galvão Boulomytis

registrado em:
Fim do conteúdo da página