Ir direto para menu de acessibilidade.

Em destaque

Início do conteúdo da página
Educação Científica

Estudante do IFSP participou de homenagem a professor do Instituto de Física da USP

Criado: Quarta, 20 de Dezembro de 2017, 12h54 | Última atualização em Quarta, 20 de Dezembro de 2017, 12h54

Na tarde do dia 15 de dezembro de 2017, sexta-feira, entre 15h e 17h, a licencianda em Matemática pelo câmpus de Caraguatatuba do Instituto Federal de São Paulo (IFSP), Adriana de Andrade, esteve no Auditório Abrahão de Moraes do Instituto de Física da Universidade de São Paulo (USP), onde aconteceu um encontro para homenagear o Prof. Dr. Ernst Wolfgang Hamburger, um importante nome da história da Física no Brasil.

Placa de homenagem ao professor Ernst Wolfgang Hamburger no Instituto de Física da USP

Como parte da homenagem, o Laboratório de Demonstrações do Instituto de Física da USP foi oficialmente denominado “Laboratório de Demonstrações Ernst Wolfgang Hamburger”. Durante esta tarde, no Auditório Abrahão de Moraes, foi apresentada uma breve história do Laboratório de Demonstrações do Instituto de Física da Universidade de São Paulo (IFUSP).

Professor Ernst Wolfgang Hamburger

Ernst Wolfgang Hamburger é um importante físico e divulgador científico brasileiro, que nasceu em Berlim, na Alemanha, em 1933. De origem judaica, sua família imigrou para o Brasil, fugindo dos horrores do nazismo, quando ele tinha apenas três anos de idade. Casou-se com a física Amélia Império Hamburger, que foi sua colega na universidade e que faleceu em 2011; o casal teve cinco filhos, entre eles o cineasta Cao Hamburger.

Foto da década de 1980 com os físicos Ernst Wolfgang Hamburger, Iuda Dawid Goldman vel Lejbman, Alberto Luis da Rocha Barros e Mário Schenberg

Ernst Hamburger graduou-se em física em 1954, na Universidade de São Paulo, onde começou a lecionar logo depois de se formar. Trabalhou no laboratório do acelerador eletrostático Van de Graaff do IFUSP e doutorou-se na área da física nuclear pela Universidade de Pittsburgh nos EUA em 1959. Em 1970, durante o regime militar, ele foi preso juntamente com sua esposa por abrigar em seu lar perseguidos políticos. Foi diretor da Estação Ciência entre 1994 e 2003, um museu interativo de ciência criado pela USP na cidade de São Paulo. Recebeu o Prêmio Kalinga da UNESCO em 2000, por seu trabalho na divulgação e popularização da ciência.

Público presente no Auditório Abrahão de Moraes durante a homenagem ao Professor Hamburger

Três excelentes entrevistas com o professor Ernst Hamburger podem ser lidas no sítio da Revista Ciência Hoje em <http://www.cienciahoje.org.br/revista/materia/id/870/n/ciencia_para_todos>, no sítio da Revista Fapesp em <http://revistapesquisa.fapesp.br/2014/01/13/ernst-hamburger-um-corajoso-cidadao-paulistano/> e no sítio da Revista Carta Capital em <https://www.cartacapital.com.br/educacao/ciencia-para-todos>.

Professores Marcos Nogueira Martins, José Goldemberg e Ernst Wolfgang Hamburger

Além das diversas autoridades acadêmicas, dos professores e dos estudantes que participaram das atividades, estiveram presentes o diretor do Instituto de Física da USP, Marcos Nogueira Martins, e o Presidente da FAPESP, José Goldemberg, que prestou uma homenagem ao professor Hamburger, num discurso emocionante ao relembrar os momentos vividos juntos.

Prof. Dr. Marcos Nogueira Martins e Prof. Dr. Ernst Wolfgang Hamburger

O Laboratório de Demonstrações Ernst Wolfgang Hamburger teve sua origem na chamada “Prateleira de Demonstrações” que foi criada no Instituto de Física da USP, nos anos 1970, pelo Professor Hamburger, com o apoio e a participação de alguns outros professores e também de estudantes. Esta iniciativa objetivou incentivar a utilização de demonstrações de experimentos de física em sala de aula de modo a promover uma melhor compreensão dos fenômenos físicos, incentivar os estudantes para atividades experimentais e divulgar a ciência para o público externo à USP.

Estudante Alícia de A. Freire no Laboratório de Demonstrações do IFUSP

Este encontro objetivou relatar um pouco da história do Laboratório de Demonstrações do IFUSP e apontar para as suas perspectivas no futuro, assim como prestar uma justa homenagem ao professor Hamburger, incansável defensor de um ensino de qualidade no país e, em particular, no IFUSP.

Foto antiga registrando o momento em que o laboratório de demonstrações era visitado por crianças

A estudante do curso de licenciatura em matemática do IFSP-Caraguatatuba que participou destas atividades, Adriana de Andrade, é orientada pelo Prof. Dr. Ricardo Roberto Plaza Teixeira no projeto de iniciação científica intitulado “Abordagens interativas: recursos tecnológicos e utilização de materiais manipuláveis para o ensino de ciências naturais” (com bolsa PIBIFSP), e esteve presente por meio do convite feito pelo monitor Gustavo de Andrade, que está trabalhando no sítio do Laboratório de Demonstrações em projeto de pesquisa de iniciação científica orientado pelo Prof. Dr. Vito Roberto Vanin do Instituto de Física da USP.

Gustavo de Andrade conversando com o seu orientador Prof. Dr. Vito Roberto Vanin durante o evento

A segunda parte do evento aconteceu no próprio Laboratório de Demonstrações, onde foi inaugurada a placa em homenagem ao Professor Ernst Wolfgang Hamburger. O Laboratório de Demonstrações teve uma grande importância para a iniciação de estudantes em atividades experimentais e atualmente oferece um extenso acervo de equipamentos e experimentos de demonstrações de Física que podem ser utilizados em sala de aula.

Inauguração da placa em homenagem ao professor Hamburger no Laboratório de Demonstrações

O Laboratório de Demonstrações tem um acervo de mais de 400 experimentos e um espaço de exposição permanente, bastante visitado por pessoas das comunidades interna e externa ao IFUSP. Nesse espaço – ou mesmo movendo diversos experimentos e equipamentos para outros locais – o Laboratório de Demonstrações tem participado de eventos acadêmicos e cursos de extensão. Suas atividades têm a inegável marca do Professor Hamburger, especialmente no que se refere ao incentivo a estudantes à observação e à experimentação, assim como na divulgação e promoção da ciência para fora dos muros da universidade.

Atualmente, o Laboratório de Demonstrações está passando por um processo de revitalização, reorganização e ampliação de seu espaço físico e do seu acervo de experimentos – bem como de aperfeiçoamento da página própria no sítio do Instituto de Física da USP (<https://labdemo.if.usp.br/>) – em trabalho de iniciação científica realizado por estudantes de diversas unidades da USP, tais como o próprio Instituto de Física (IF), a Escola de Comunicações e Artes (ECA) e o Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG). Os professores do IFUSP responsáveis pelo Laboratório de Demonstrações são: Vito Roberto Vanin, Cecil Chow Robilotta, Suzana Salem Vasconcelos e André Machado Rodrigues. Dentre os estudantes envolvidos neste trabalho estão: Ariel Velardo Paternostri da Silva, Bia Jong, Catherine Silva e Souza, Claikson Benedito, Davi Ferreira de Paula, Giovanni Silva de Souza, Gustavo de Andrade, Roberta Parra Maciel Raimundo e Ruan Gonçalves de Lima.

Prof. Dr. Vito Roberto Vanin e Adriana de Andrade

No evento foi citada a importância da Estação Ciência como centro de divulgação científica – ela foi criada em 1987 e infelizmente está fechada para visitação desde 2013 – e foi lembrado como é importante existir em cada canto do país uma “estação ciência”, proporcionando às crianças um acesso à educação científica na prática: quando uma criança tem contato com um experimento científico, ela descobre, interpreta e aprende a forma como a ciência funciona, o que contribui extraordinariamente com seu desenvolvimento cognitivo.

A participação de estudantes universitários em congressos e eventos acadêmicos como este, colabora muito para o seu amadurecimento intelectual. Segundo o relato feito pela licencianda Adriana, o evento foi emocionante e a sua participação nele foi importante para ela conhecer melhor a história da ciência brasileira.

Fonte: Prof. Dr. Ricardo Roberto Plaza Teixeira

registrado em:
Fim do conteúdo da página